08/08/2018 às 12:08 - Atualizado em 08/08/2018 às 12:10

Faeb, Fecomércio-BA e Fieb promovem encontro com pré-candidatos ao Governo do Estado da Bahia

O Encontro com Pré-Candidatos ao Governo do Estado da Bahia reuniu, na terça-feira (7/8), no Hotel Mercure Rio Vermelho, empresários ligados às federações da Agricultura, Comércio e Indústria.  Rui Costa (PT) e José Ronaldo (DEM) apresentaram, em 40 minutos, as suas propostas para o governo do Estado.

O presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, ressaltou a importância do Comércio de Bens, Serviços e Turismo da Bahia, lembrando que o setor tem 70% do PIB e 90% do número de empregos, nessa fase de crise, em que a maior dificuldade é o empregabilidade. “Nesse momento é importante pensar na possibilidade de desenvolver parcerias junto aos três setores, através de um comitê de gestão e fomento entre o comércio, indústria e agricultura. Assim podemos promover o comércio do Estado da Bahia.”, ressaltou o presidente.

Em sua apresentação, Rui Costa (PT) mencionou o desejo em ampliar os cursos profissionalizantes nos municípios baianos e de contar com o apoio das federações para isso, com a formação de um conselho. Segundo o petista, a meta para o segundo mandato, caso eleito, é alcançar as 417 cidades do Estado. “É necessário customizar os custos, direcionando a demanda específica de cada cidade e cada região e não como o Brasil faz hoje: fazer muitas formações de muitos cursos, sem nenhuma relação de que o jovem que fez o curso vai conseguir empregabilidade.”, citou o atual governador.

 José Ronaldo (DEM) iniciou o discurso com o tema “carga tributária”, afirmando que, caso eleito, se compromete com os empresários a não elevar essa taxa durante a gestão. Entre suas propostas de infraestrutura estão os novos trechos da BA 101, visando às vias litorâneas e beneficiando a economia local de vários municípios. “Precisamos aproveitar a grande produção local do interior da Bahia, que tem papel fundamental para a economia”, disse o candidato.

O presidente da FAEB, Humberto Miranda, destacou para os candidatos a importância de políticas públicas voltadas para a agropecuária, fortalecendo os grandes produtores, mas sem esquecer de cuidar dos pequenos, que também são fundamentais para a economia do Estado. “Estamos com as portas abertas para que essa ação possa ganhar ainda mais força em uma possível parceria com o Governo da Bahia”, enfatizou.

Termo de Compromisso - Ao final de cada apresentação ambos os candidatos assinaram um termo de compromisso com as federações promotoras para criar uma Comissão com o fim de contribuir para o desenvolvimento econômico e social. Os dois postulantes ao Governo também responderam a perguntas dos três segmentos e receberam as Agendas do Comércio, da Indústria e da Agricultura, documentos elaborados por cada setor. “A assinatura do termo de compromisso foi um importante resultado do evento. Os dois candidatos se comprometeram, publicamente, a pensar uma agenda comum e a Bahia tem muito a ganhar com isso”, destacou o presidente da FIEB, Ricardo Alban.

Clique aqui e acesse a Agenda para o Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia, publicada pela Fecomércio-BA.