21/12/2018 às 18:20

Intenção de consumo das famílias baianas volta a subir em dezembro

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF), apurada pela Fecomércio-BA e CNC, alcançou 93,6 pontos em dezembro de 2018, registrando alta de 4,1% em relação ao mês imediatamente anterior. Visando os dados de todos os meses, esta é a maior taxa mensal alcançada desde 2015. Já na comparação anual, o aumento foi de 9,8%. Mesmo apresentando altas, a ICF permanece abaixo de 100 pontos desde maio de 2015.

O levantamento mostra que todos os subíndices da ICF variaram positivamente, com destaque para a alta do componente Perspectiva de Consumo (+10,97) e Momentos Duráveis (+7,86%).

De acordo com a entidade, o Nível de Consumo Atual cresceu 6,2% em relação a novembro. “O entendimento das famílias foi de que estão podendo comprar mais, efeito da economia em fase de crescimento e seus reflexos positivos sobre o mercado de consumo”, pontua o economista da CNC Antônio Everton

A pesquisa também aponta que o subindicador Emprego Atual (114,4 pontos) fechou acima da zona positiva (acima dos 100 pontos). “A recuperação do mercado de trabalho tem repercutido diretamente no sentimento de que haverá melhora profissional nos próximos meses. Por conta disso, o subíndice Perspectiva Profissional alcançou 122,7 pontos, com tendência de elevação”, avalia o especialista.