24/11/2017 às 11:42 - Atualizado em 24/11/2017 às 18:17

Os três verbos do Natal Solidário: Doar, Transformar e Sorrir

Para além de uma estreia, e por entre as cores azul, laranja e amarelo, a abertura da quarta edição do Natal Solidário do Sistema Fecomércio-BA trouxe a palavra Caridade para o coração de cada um. A cerimônia, realizada no dia 23 de novembro, na Casa do Comércio, foi celebrada pelo Arcebispo Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. A todos que lotaram o evento, uma missão: transformar presentes em sorrisos.

Ministrando orações e canções, Dom Murilo Krieger elogiou a iniciativa da campanha: “Ações como estas são muito bem vindas. Devemos despertar o movimento de solidariedade em cada canto do Estado, para que assim possamos contribuir para a felicidade das pessoas que precisam”. Em suas falas, o Arcebispo estimulou sentimentos de amor, afeto e carinho, sempre voltados para o bem do próximo.

O presidente em exercício, Kelsor Fernandes, agradeceu a presença das autoridades, presidentes de sindicatos, diretores do Sesc e Senac, superintendentes e dos  funcionários, bem como de empresas parceiras e das Forças Armadas. “Importante registrar que, a cada evento, superamos o montante de ofertas, evidenciando o empenho da equipe organizadora e a crescente adesão da comunidade baiana”, comentou Fernandes.

A idealizadora do projeto e diretora da Fecomércio, Juranildes Araújo, relembrou a primeira edição do Natal Solidário. “Começamos pequenos e hoje já estamos na capital e no interior, com adesão dos principais shoppings do Estado. Se cada um ajudar, vamos chegar à meta de 20 toneladas de donativos arrecadados”, disse, salientando que as doações vão beneficiar crianças e idosos carentes.

A campanha – Os postos de coleta de donativos para a campanha vão funcionar nos principais shoppings centers como Salvador Shopping, Shopping da Bahia, Shopping Barra e Boulevard Camaçari. Na Casa do Comércio, nas unidades  Sesc e Senac, em Salvador e interior, e os sindicatos filiados à Fecomércio-BA já estão funcionando como pontos de arrecadação. A campanha recebe doações de roupas, alimentos não perecíveis, brinquedos em bom estado e materiais de higiene. Os donativos serão distribuídos, através do Mesa Brasil, entre cerca de 50 entidades baianas que dão assistência a crianças e idosos.