13/07/2018 às 14:46 - Atualizado em 13/07/2018 às 15:14

Pesquisa aponta que 56,9% dos baianos têm dívidas e contas em atraso

Apurada pela CNC e Fecomércio-BA, a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) apresentou os dados relacionados ao nível de endividamento dos consumidores baianos no mês de junho, mostrando que 56,9% das famílias baianas possuem dívidas e contas em atraso, sendo que o tempo médio para pagamento pode variar de 30 a 90 dias para 43% das famílias.

O estudo revelou também que 20% dos baianos possuem metade da renda comprometida na seção de dívidas de inadimplência. Entre maio e junho o aumento neste quesito foi de 3,4% – maior diferença computada no ano.

Compras a prazo – Em contrapartida, a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) mostrou que as pessoas estão mais cautelosas nas compras a prazo, com queda de -1,79% na média do mês de junho. “A queda desses componentes reflete a disposição das famílias em gastar um pouco menos, principalmente com produtos que venham a comprometer o orçamento com compras parceladas”, analisa o economista Antonio Everton.

Veja também

Com queda de 6,6% em relação ao mês de maio, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), apurado pela CNC e Fecomércio-BA, apresentou o seu primeiro resultado negativo do ano.