30/01/2019 às 17:34 - Atualizado em 31/01/2019 às 12:11

Presidente da CNC recebe a Medalha do Mérito Visconde de Cairu na sede da Fecomércio-BA

Em sua primeira visita oficial à Casa do Comércio, o presidente da CNC – Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, José Roberto Tadros, foi condecorado com a Medalha do Mérito Visconde de Cairu, pelo presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, durante a reunião de Diretoria da Federação, nesta quarta-feira, 30 de janeiro. Criada em 1981, a comenda é utilizada para homenagear personalidades de destaque na atividade comercial da Bahia ou que prestaram relevantes serviços ao desenvolvimento socioeconômico do País.

Tadros agradeceu a homenagem, destacando que “o baiano Visconde de Cairu foi o precursor do liberalismo ao contribuir para a abertura dos portos, permitindo que as nações comercializassem entre si nos idos de 1808, tal qual sempre foi feito na antiguidade.” Considerado o patrono do Comércio brasileiro, o Visconde de Cairu inspirou a comenda instituída pela Federação também por ter nascido na Bahia, em 16 de julho -data em que se comemora o Dia do Comerciante.
 
O presidente, eleito em 2018, para comandar o órgão máximo da representação empresarial do comércio no País ainda fez um importante anúncio na Federação baiana: o ex-presidente da Fecomércio-BA, Carlos Fernando Amaral, foi indicado para ocupar assento no recém-criado Conselho Superior da CNC, órgão consultivo, que reúne líderes com longa trajetória de trabalho no Sistema Confederativo, a exemplo do presidente de honra da CNC, Antonio Oliveira Santos. “É uma espécie de conselho de notáveis altamente qualificados que tanto lutaram em prol da defesa do comércio brasileiro e do sistema sindical”, explicou Tadros a Amaral, que além de ter presidido a Fecomércio-BA, militou à frente da Comissão de Enquadramento Sindical da CNC.
 
Anfitrião da reunião, o presidente Carlos de Souza Andrade,  agradeceu a presença do líder da CNC e comitiva: “A sua presença reforça o compromisso da nossa Diretoria de ser parceira incondicional da CNC, representante dos mais de 4 milhões de empresários do comércio no Brasil. Estamos juntos, Fecomércio Bahia e CNC, nessa jornada hercúlea que é a defesa dos interesses dos empresários do comércio de bens, serviços e turismo do nosso País”.