22/07/2019 às 11:37 - Atualizado em 23/07/2019 às 15:12

Sesc inaugura em Feira de Santana Centro Cultural e Restaurante Carlos Fernando Amaral

Resultado de um investimento de R$24,5 milhões, o Restaurante e Centro Cultural Sesc Feira de Santana foi inaugurado no dia 18 de julho, em solenidade que reuniu o prefeito da cidade, Colbert Martins, os principais dirigentes do Sistema Fecomércio Bahia, além de representantes da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) e do Governo do Estado e os deputados federais João Roma (PRB) e Zé Neto (PT). O nome da nova unidade – o segundo Sesc daquele município- faz uma justa homenagem ao ex-presidente da Fecomércio-BA, Carlos Fernando Amaral.

Anfitrião do evento inaugural, o presidente da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, não escondia a emoção de inaugurar a unidade, que representa mais um importante passo na interiorização do Sesc e Senac, que é uma das principais diretrizes de sua gestão. “Feira de Santana foi escolhida para abrigar mais esta unidade por ser a segunda maior cidade do nosso Estado, dona de um comércio pujante e com significativa participação no PIB baiano”, destacou.

O prefeito Colbert Martins destacou que este foi o maior investimento aplicado na cidade este ano. “O Sesc chega para contribuir com a revitalização do Centro de Feira de Santana”, comemorou. Já o diretor regional do Sesc Bahia, José Carlos Boulhosa, informou que o Casarão centenário que faz parte do complexo será restaurado na próxima etapa desta obra. Este é um projeto do Sesc singular, que une o primeiro Restaurante do Comerciário do interior da Bahia a um teatro com quase 300 lugares”, disse.

Ao final dos pronunciamentos, os convidados foram brindados com um show do violeiro Renato Teixeira e também  tiveram a oportunidade de degustar os pratos do restaurante Sesc.

 

SOBRE A UNIDADE - Com atividades e serviços voltados, preferencialmente, para os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, e seus dependentes, o complexo está localizado na Praça Carlos Bahia, Centro - região considerada eixo cultural e comercial da cidade.  Possui 5.665,74 m² de área construída, cujo terreno de 6.547,26 m² foi doado pela Prefeitura. A equipe é formada por 72 profissionais, entre técnicos e apoio administrativo.

Com 72 anos de atuação na Bahia, o Sesc vem executando uma política de expansão e interiorização contemplando Centros de Atividades em municípios considerados polos comerciais nas microrregiões do Estado. A segunda unidade em Feira de Santana beneficiará, preferencialmente, o trabalhador e seus dependentes, oferecendo acessibilidade, tranquilidade e conforto em seus amplos espaços.

Restaurante - Voltado para a clientela preferencial e demais públicos, o restaurante de Feira de Santana, o primeiro do interior, já está em pleno funcionamento, na modalidade autosserviço a quilo, que possibilita atender 234 pessoas simultaneamente e produzir até 1.500 refeições/dia, além de fornecer o serviço de refeições para viagem. O cardápio possui um elevado controle da qualidade nutricional, higiênico-sanitária e sensorial, supervisionado por nutricionistas, com vistas à melhoria da saúde, à prevenção e ao cuidado de agravos relacionados à alimentação e nutrição.