13/11/2020 às 13:59 - Atualizado em 13/11/2020 às 14:02

Sistema Fecomércio-BA e Câmara Empresarial do Turismo participam da Expo Retomada, no Centro de Convenções

Com o objetivo de difundir protocolos para a realização de eventos com segurança e apresentar tendências para o setor, a Expo Retomada Salvador, no Centro de Convenções Salvador (CCS), contou com o apoio do Sistema Fecomércio-BA, no dia 11 de novembro. Além de estar presente com um estande na ala de expositores institucionais, a coordenadora da Câmara Empresarial do Turismo (CET) da Fecomércio-BA, Avani Duran, integrou um dos painéis da programação intitulado: “Painel Negócios: A resiliência do empresário baiano em tempos de pandemia. Uma visão do setor de turismo” Ao longo do dia foram discutidas estratégias para impulsionar Salvador para o mundo, com a presença de renomados palestrantes.

“A primeira atitude do trade que me deu esperança nessa pandemia foi justamente a realização da Expo Retomada. Precisamos ser resilientes, pois o turismo nunca passou por uma crise como esta e acima de tudo, temos de nos ressignificar, para ultrapassar essa fase e nos adaptar”, declarou Avani Duran, na mesa-redonda que contou com a presença do empresário, idealizador do movimento Business Bahia, Carlos Falcão, e do jornalista do Correio, Donaldson Gomes.

A coordenadora da CET ressaltou que o foco agora é o investimento no turismo doméstico. A retomada do receptivo de turistas internacional só deve ocorrer na temporada 21/22.

Carlos Falcão ressaltou que alguns setores se recuperaram mais rápido dos efeitos da pandemia, mas o turismo, pelo conjunto de suas características, certamente será o último a sair do vermelho. Entretanto, ele apresentou dados de pesquisa da CNC – Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo que evidenciam os primeiros sinais de recuperação, no mês de setembro.

O diretor geral do CCS, Ludovic Moullin foi o responsável por fazer a abertura desse evento-teste. Ele destacou a importância da Expo Retomada Salvador e ressaltou que o momento só foi possível por causa de um esforço coletivo, que envolveu não apenas o time local do equipamento, mas também a GL events – empresa administradora do CCS-, junto com o trade de turismo e eventos.

Ele pontuou que o evento pode ser traduzido como um sopro de otimismo, um sinal de que o retorno de eventos de maior porte está cada vez mais próximo. Atualmente, só estão autorizados na cidade eventos para até 200 pessoas. “A união dos baianos é mais forte que tudo. Hoje, vamos demonstrar a todo mundo, autoridades, imprensa, que estamos prontos para a retomada e organizar de novo congressos, feiras, shows. Sem colocar ninguém em risco”, explicou Ludovic.

O prefeito ACM Neto falou sobre a importância do evento teste ser realizado na capital baiana, destacando o sucesso da Expo Retomada Salvador. “Eu entrei nesse evento teste e fiquei impressionado, poderia estar acontecendo em qualquer lugar do planeta, mas está aqui em Salvador, as medidas tomadas são exemplares”, falou.