28/06/2018 às 14:58 - Atualizado em 28/06/2018 às 14:59

Vestuário lidera o índice de consumo das famílias no período da Copa do Mundo

A pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF), apurada pela CNC e Fecomércio-BA, constatou que 15% das famílias baianas pretendem comprar artigos de vestuário durante a Copa do Mundo, seguido alimentos e bebidas com 6,4%, logo após de televisores com 5,8%. Apesar de o mundial esportivo estimar movimento de R$ 63 milhões na Bahia, 70% das famílias afirmam que não possuem intenção de compra durante o período dos jogos.

Segundo o chefe da Divisão Econômica da CNC, Fabio Bentes, ainda existe resquício da crise e da falta de movimentação turística para uma boa expectativa durante esse período. “Ainda tentando se reerguer após a recente crise econômica, os serviços de alimentação fora do domicílio não contarão com o fluxo turístico nacional e, principalmente, internacional de quatro anos atrás, quando o Brasil sediou o Mundial”, afirmou.

 

INTENÇÃO DE COMPRAS DAS FAMÍLIAS (ICF) - BAHIA

Itens de Vestuário

15%

Alimentos e bebidas

6,40%

Televisores

5,80%

Nenhum dos itens

70,50%